Notícias em destaque

A importância da prevenção contra o vírus da AIDS, o HIV

 

Balões vermelhos lembram em São Paulo importância da prevenção contra o vírus da AIDS, o HIV.

AIDS, HIV

São Paulo – Quatro mil balões vermelhos coloriram hoje (29) o céu paulistano, no bairro Cerqueira César, para lembrar a importância da prevenção de situações de risco de contrair o vírus da AIDS, o HIV.

A atividade, promovida pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas, marca o Dia Mundial de Luta Contra o HIV/AIDS, que será domingo (1º). Dados divulgados nesta sexta-feira pelo governo estadual mostram queda no número de mortes por AIDS em São Paulo no ano passado. Em 2011, foram 3.006 mortes, com taxa de 7,2 por 100 mil habitantes, e, no ano passado, 2.767 mortes, com taxa de 6,6 por 100 mil.

“Esta não é mais uma data só reflexiva, é também para comemoração. Hoje, entendemos mais a doença e temos uma proposta clara de erradicação da transmissão de mãe para filho, que é uma meta mundial”, disse o secretário de Saúde de São Paulo, David Uip. A  programação inclui também palestras e atividades culturais feitas por adolescentes que são pacientes do Emílio Ribas. Na noite de segunda-feira (2), os jovens farão uma apresentação teatral.

Os números da Fundação Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade) mostram ainda que, apesar da expansão da doença entre as mulheres, a taxa de mortalidade pelo vírus HIV permanece com proporção pelo menos duas vezes maior entre os homens. Entre pacientes do sexo masculino, foram 9,1 mil mortes por 100 mil habitantes no ano passado; entre as mulheres, 4,2 mortes.

Durante a palestra que antecedeu a soltura dos balões, também foram apresentados dados municipais referentes à AIDS. De acordo com a representante do Programa Municipal de DST/AIDS, Zarifa Khoury, existem atualmente na capital 84 mil notificações da doença – somente em 2012, surgiram 2.202 casos, dos quais 607 em mulheres. “Nós temos três casos de homem para um de mulher. Voltou a história da epidemia concentrada em HSH [homens que fazem sexo com homens]. Antes estávamos com a proporção de 2 para 1”, destacou Zarifa.

O diretor do Instituto Emílio Ribas, Luiz Carlos Pereira Junior, lembrou que a data concentra esforços para multiplicar informações sobre a doença, mas que as ações estão disponíveis durante todo o ano. “Esse dia abre espaço para que se fale sobre esse tema e ainda existe muito preconceito atrás do diagnóstico do HIV”, declarou. Ele destacou ainda a importância do diagnóstico precoce para a diminuição da mortalidade. “Quanto mais precoce [o diagnóstico], menos doente a pessoa está e temos mais chance de reverter o quadro de queda da imunidade.”

Pereira identifica entre os desafios futuros trazidos pela doença a necessidade de capacitação de profissionais e estruturação da rede para que saibam lidar com as comorbidades (doenças associadas) de pacientes que envelheceram com a AIDS. “É uma doença crônica, e a população sob controle vai envelhecendo e trazendo desafios que são próprios da terceira idade”, disse ele. Ele exemplificou com os casos em que os soropositivos tenham predisposição genética para o diabetes. “Alterações cardiovasculares, renais e hepáticas têm que ser incluídas na rotina de assistência dos programas”, reforçou.

Também durante a palestra, um grupo de manifestantes do Fórum Popular da Saúde de São Paulo abriu uma faixa para reivindicar da Secretaria da Saúde a manutenção do Posto de Atendimento Médico (PAM) Lapa em funcionamento. “Os trabalhadores da unidade receberam a informação de que o posto seria fechado para abrigar, após uma reforma, um centro de referência do idoso”, disse a estudante Priscila Rabelo, integrante do fórum. Para Priscila, embora seja importante o trabalho com os idosos, não se deve abrir mão de um serviço que atende a toda a comunidade com médicos especializados.

Segundo Uip, o PAM Lapa não será fechado. “Não vamos fechar nada. Temos de reformar a unidade. Reformá-la com um serviço de saúde dentro seria um grande desafio”, ressaltou o secretário. O fechamento da unidade está previsto para o início do próximo ano. Enquanto isso, profissionais e pacientes serão remanejados para outros postos com serviços similares, informou a secretaria.

AIDS Infográfico

Edição: Nádia Franco

Tem algo a dizer? Uma Informação a acrescentar? Por favor, mande-nos sua mensagem

 

ALERTA IMPORTANTE AOS FOFOQUEIROS DE PLANTÃO: DÉBORA BLOCH MILITA NA LUTA CONTRA A AIDS. NÃO É PORTADORA DE HIV E, PORTANTO, NÃO TEM AIDS

Alerta aos Usuários do Site

Licença Creative Commons
Soropositivo Web Site de Prevenção ao HIV, À AIDS outras DST e relacionados está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em +5511997080203.
Se liga cara
Aide e Terceira idade em Foco

Um conto de Natal.

Foi em Dezembro de 2000. Eu tinha acabado de conhecer em uma lista de discussões uma advogada, de uma cidade no Interior de Goiás que, se não me falha a memória, era a [...] Leia Mais

Cento e cinquenta e oito Países!

Em 2014 cento e cinquenta e oito Países visitaram Soropositivo Web Site e encontraram o site em seus respectivos idiomas

Em 2014 cento e cinquenta e oito Países visitaram Soropositivo Web Site e encontraram o site em seus respectivos idiomas

Um presente

Seja você quem for, qualquer que seja a razão para você estar aqui neste site, por favor, assista a este video. Dura cinco minutos e te trará reflexões para uma vida muito melhor do que a que você tem, não importa o quão boa possa ser a sua vida. Eu não pediria isso a você, seus cinco minutos, sem uma ótima justificativa.
Abraços

Cau

JavaScript necessário para reproduzir um bom dia.

E aí? Fez ou não fez? Conta ou não conta? A outra pessoa merce ficar no escuro?

Doações

ESte site é mantido com recursos pessoais de uma ó pessoa;

Esta pessoa é soropositiva e esta desempregada desde que recebeu o diagnóstico positivo para HIV.

Discriminado no trabalho, eu vivo de pequenos bicos e da venda de partes de computador, com marges de lucro estreitíssimas.

Se você pode ajudar, por favor ajude.

Telefone para 11 997-080-203 e vc rebeberá instruções sobre como creditar sua ajuda em uma conta bancária que não é exposta aqui porque já houve quem abrisse contas de consumo em assinaturas da revista abril.

uma só pessoa abriu, com débito em minha conta, assinaturas para sessenta (60) revistas da editora abril.

Você não me verá pessoalmente porque eu sofro ameaças de toda a ordem e não posso me arriscar

 









JavaScript necessário para reproduzir AIDES – GRAFFITI-SD.

Por Favor, assista a este vídeo. É muito Importante

Assine esta petição para que este site receba apoio do governo

OLá!

Muitas vezes pedi socorro de forma inadequada.

Peço que me perdoem, pois isso só de sá por conta da minha angústia de ver a possibilidade real de ver um trabalho que já dura quinze anos, pode desaparecer.

Quando penso nisso, tenho vontade de morrer. Não importa se vc nao está pessoalmente envolvido com a doença (ainda).

Importa que eu trabalho para evitar novas infecções e servir de farol paa os navegantes em primeira jornada na complicada vida com HIV.

Não é o tratamento, que tem lá suas mazelas, mas funciona relativamente bem.

É pelo preconceito, pelo estigma, pela indiferença.

Não sejam indiferentes a mim... Um dia, quem sabe, vocês podem precisar, por Deus, que Ele não seja indiferente a voces.

Clique aqui para assinar a petição. É simples, de graça e seguro. a AVAAZ tem realizado muito em muitos países

No Passado eu Também Fui Radialista

Em 1982 eu me tornei assistente do sonoplasta da Boate Louvre que, hoje, é um estacionamento na Major Sertório (Iazul).

Trabalhei alguns anos ali como assistente do Sonoplasta (esta coisa que hoje chama de DJ e eu tenho como tocadores de MP3) até 1986.

Em 1986 eu passei a trabalhar no Vagão Plaza e havia uma guerra la dentro entre mim, a gerente do time feminino, uma moça simpática chamada graça, que mais lembrava um caniço de pesca e que me odiava com todas as forças que seu mirrado intelecto podia emanar.

A causa disso é um assunto vexaminoso, mas eu estou aqui para dizer tudo e o ódio dela devia-se ao fato de eu ter conhecido, no sentido Bíblico) uma de suas mulheres.

Mas havia a gerente do Salão, a Zezé, uma loura belíssima, casada com o Chicão (lá também tinha o Chico e o Chiquinho), que me dava todo o apoio, mesmo quando eu estava errado, chegando as 23:00 quando o baile começava as 21:00. Nesta época a coisa era diferente e eu era o cara que tinha um assistente; um puta cara legal chamado Lico. Nunca soube o nome dele.

Trabalhei ali até 1990, quando me cansei da Dona da Casa, um cangalho de 50 invernos que achava que ilarie era música para boate. À puta que pariu com ela e o ilarie.

Aí passei a trabalhar no Le Masque, hoje um inferninho que nem Stephen King conseguiria imaginar e, lá, fui consagrado por três anos consecutivos o melhor DJ de São Paulo, segundo a Revista São Paulo à Noite.

Tudo política e não me é difícil imaginar que o Le Masque, na pessoa de sua gerente, D. Lucia (...), tenha comprado estes títulos cujos troféus ficaram na casa e não comigo.

Nesta época eu fazia, aos domingos, um programa de rádio, na radio Emissora ABC Chamado Flashmania.

Por conta da minha inconstância acabei deixando o programa pouco menos de um ano de ter participado dele.

Este vídeo, é a prova incontéstil disso.

Urbi ET Orbe Notem, por favor, que a pessoa que vocês vêem com o camisão cor de sabe-se lá o que, sou eu. A única pessoa neste grupo que veio a contrair HIV, das outras eu pouco sei, exceto do autor do programa, cuja amizade de mais de 30 anos não pode sobreviver à verdade, e a verdade é que, passado o longo e tenebroso inverno que ele passou, sozinho, visceralmente sozinho, omitiu-se em algo e eu protestei. Desde então, e já faz mais de um mês, ele nunca mais me ligou, entregando esta cópia do vídeo via mega upload após eu ter deixado um lacônico pedido na página em que fica o vídeo no site que esta em http://amaquinadotempo.net que ele editou (um homem de imensos e inúmeros talentos perdidos, uma lástima para a humanidade não ter-lhe dado o devido valor, ou não o ter descoberto a tempo. Sic Transit Gloria mundus

Soropositivo.Org Apresentado pelo Taz, no Vitrine

Pessoas que perdemos para a AIDS

Responsabilidade pessoal

Olá.
Meu nome é Cláudio Souza e eu sou a pessoa que seleciona, escreve, edita ou republica textos e outros conteúdos neste site desde 1º de Agosto de 2000

Em 15 anos de trabalho eu coloque um valor em dinheiro neste site que daria para ter feito dois cursos universitários.


Não estou me queixando.

Apenas quero explicar que eu não viso lucros com isso e ainda pago uma importância de US$ 99,00 por ano para manter este Blog.

Já paguei mais, como você podera ver neste link

Caso você seja autor de algum material postado aqui, por favor, me desculpe. Eu busco apenas multiplicar conhecimento.

Se, contudo, você preferir que seu conteúdo seja removido daqui queira, por favor, enviar uma mensagem para soropositivowebsite@gmail.com

Obrigado

Soropositivo Web Site Top Blog Br 1º Lugar, Juri academico 2013/2014

Soropositivo Web Site Top Blog Br 1º Lugar, Juri academico 2013/2014

Soropositivo.Org é um site pessoal. Não recebo recursos de nenhuma instituição de qualquer natureza e mantenho isso de meus parcos, pífios e inconstantes rendimentos desde 1º de Agosto do ano 2000. Se você tem algum interesse em ajudar, procure-me no formulário d contato, no menu principal, na seção sobre o site. Obrigado - Nota Importante: Eu paguei uma tarifa para participar do concurso e, na hora da entrega, faltu toféu e eu não recebi o meu. Vou pensar muito em que espécie de atitude tomar com relação a isso se não receber o trofeu em um determinado período de tempo

Outra de minhas conquistas

Unifesp

O menino que fugiu de casa ainda no início da adolescência conseguiu chegar aqui. com 890 na nota da redação. Isso graças a Deus, a mim, aoENEM que eu nem preciso dizer quando e por quem foi criado

Cabeleireiros contra a AIDS dão relevância a Soropositivo Web Site

Cabeleireiros dã relevância e destaque a Soropositivo Web Site

Diploma de Cidadão Exemplar Expedido pelo Portal da Cidadania

Cláudio Santos de Souza - Cidadão Exemplar

Há uma dissonâcia no artigo, muito provavelemte por minha causa. Ali diz 1996 e, na verdade -e 1994

Diploma de Afiliado na Fellowship Ashoka Empreendedorers sociais

Diploma de Afiliado na Fellowship Ashoka Empreendedorers sociais

Foi, para mim, uma grande honra ser escolhido para estar em tão boa companhia. Foi uma das mais gratificantes de minha vida

Posts Recentes da RNP: RNP+BRASIL

Nós não podemos exibir dados de blog no momento.

Hours & Info

+55-11-997-080-203

Drogas e AIDS

A História do site em Artigos aleatórios – TVZ falte imagem

Histerectomia. Um trauma doloroso que pode ser Superado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.760 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: