Notícias em destaque

Positivo não é sinal de diferente

Alexandra. Momentos de mudanças

Sem camisinha? Sem chances!…

Pessoas que perdemos para a AIDS

Marília Gabriela, Silvia Almeida e Rafael Bolacha

Gabi, Sílvia Almeida e Rafael Bolacha

CD4, CD8 – Algumas definições

Hepatites Virais

Ação Anti AIDS

Ação Anti AIDS. Clique na foto e veja o artigo selecionado por nós

  • Cure Concept Metal Letterpress Type
  • Uma pessoa que eu conheço me narrou pesadelos com esta noiva zumbi. Outra amiga relatou um sonho (triste pesadelo) onde eu seria um cattor de Rock (qua qua) e ela minha fã.  Ainda bem, para ela, que não é nada disso...
  • Casal sorodiscordante no parque
  • Truvada
  • DNA with capsule
  • Bangkok
  • sida
  • doenças e condições
  • PrEP Injetável
  • Anticorpo (antígeno) em ac'~ao contra elemento nocivo ao organismo
  • Mulher completamente insana na noite, batida de ecstasy
  • start
  • gender in cubes
  • casal-de-idosos
  • Prescription drugs with US dollar to indicate medicine is very expensive
  • Créditos da IMAGEM ; NASA
  • Fiabetes, obesoddes e HIV
  • Cuba
  • monte Kilimanjaro
  • Infancia
  • Cada comprimido que engolimos são mais algumas semanas de vida improvisada que amealhamos
  • AIDs e crise humanitária
  • Sol, a verdadeira fonte da vida...
  • anel-vaginal
  • Sexual Health
  • Velha senhora sendo acompanhada por sua prestadora de cuidados, uma profissão que estará muito em voga nos anos 20 e 30. É preciso começar a formar estas pessoas AGORA e ocritério basico de seleção é o de amor ao próximo
  • maconha cultivada
  • Células dentríticas
  • Armut
  • infecção primária por HIV
  • Pillen und Tabletten aus Medizin-Glas
  • Esperança
  • 3d render of Human kidney with medicines
  • Justiça
  • Şeker
  • A camisinha estourou? vc tem 72 horas para começao o pep. Corra. Isso é uma emergência médica
  • love
  • coracao-slide
  • Uma alimentação saudável nao necessita ser composta de slmão todos os dias. É bom sim, e eu adoro, comer um pedaço d salmão de vem em quando. Mas você pode alimentar-se com frutas, cereais, troocar o açucar refinado ou o adoçante por mascavo, que é muito mais saudável e saboroso. Eu cheguei a pesar 149Km e fui forçado, para não morrer, a fazer uma gastroplastia. MAs muita gente faz a gastroplastia e volta a engordar. quando eu chgeuei aos 107 Kg, no processo de emagrecimento, a cirurgiã decretou: Menos que isso você não vai pesar. procurei uma endocrinologista, a Dra. Ver6onica e ela traçou um plano para mim e eu baixei o peso a 91Kg, pesados hoje. No fim do artigo eu vou postar uma foto minha de como eu fui, e de como eu sou. Mudei meus habitos alimentares e sou outra pessoa!
  • Group of medical doctors over blue hospital background. Health care
  • Blumen Landschaft Natur
  • uma-delas-tem-aids-e-dai
  • coracao-3-d
  • Tentam criminalizar as pessoas soropositivas por uma situação em que a responsabilidade (de manter uma relação sexual segura) é de ambas as partes! Por que será?...
  • A vida é cheia de escolhas
  • Amando-se nas nuvens
  • mulher-com-idade-avancada-e-portadora-de-sindromes-geriatricas-relativas-aa-infeccao-por-hiv
  • Macula-degenerada
  • Descoberta do esconderijo do RNA viral do virus da imunodeficiência Humana
  • neuropatia-periferica-neuronio-doente
  • Corretor hospitalar. Assepsia completa
  • aids-slider
  • Vacina para a AIDS ainda é a melhor opção. Enquanto centram-se num programa que visa "pré-medicar pessoas"com medicamentos anti-HIV, cujos efeitos colaterais incluem, dentre outros efeitos adversos, a osteoporose e problemas renais, em detrimento a uma pesquisa para encontrar uma vacina para a AIDS, que fosse ou não curativa, não refletiria melhor na epidemia? As pessoas tem agido, com relação `PrEP e a PEP como 'Bala de Prata' e, efetivamente não o são.
  • Não fica muito distante da verdade a imagem que tenta dizer que o portador de HIV vive estigmatizado como tantos outros, que morreram em cruzes diferentes das do Cristo, que é Único. Mas, da maneira como a sociedade nos tem tratado, simplesmente porque não agimos e preferimos ficar escondidos e em silêncio. O que nos falta é o tino de perceber que é a nossa hora de aparecer e,se preciso for, gritarmos para que sejamos ouvidos. Nossa vida não pode ser reduzida a uma seqüência interminável de consultas médicas, exames laboratoriais e caixinhas de remédio. Eu, que falo por mim, quero muito mais, a começar pelo direito de poder trabalhar, para que as coisas não me saiam, sempre, de forma tão deplorável como quando consegui (...) um emprego na menina dos olhos da Contax.: A Tam Reservas. Pelo código do sque do meu FGTS eles descobriram minha soropositividade e, como num passe de mágica, minha vaga "foi fechada"... (...)
  • pesquisas de PrEP
  • hiv-poster
  • kids-bammer
  • timothy-brown
  • HSH lutando por seus direitos
  • amor
  • alcoholic in despair, smoker, trouble, drunk man, depression
  • profissionais-do-sexo-940x335
  • todos-conra-a-aids

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 7.166 outros seguidores

Sexualidade

AIDS

Claudius

Cláudio Souza

Cláudio Souza

É, sim, eu sou este da foto, com esta cara de psicopata de fime do Hitchcock. A despeito da opinião de algumas pessoas, eu mostro meu rosto sim. Inicialmente porque sou portador de HIV e isso não está inscrito na constituição ou no Código Penal como crime. Não sou criminoso e não tenho porque me esconder. Esconder-se é mais ou menos a atitude do avestruz que, sem saber lidar com as coisas, enfia a cara num buraco no chão. E, infelizmente isso agrava o preconceito contra nós simplesmente porque não somos vistos como realmente somos. Somos pessoas. Produtivas, quando nos deixam trabalhar, e muito vivazes. Nós amamos, almoçamos, alguns de nós dançam; a dança, para mim, é um prazer dos olhos. Nós, pessoas soropositivas, não diferimos em nada de vocês, sorointerrogativos. Porque qualquer pessoa que tenha tido uma relação sexual desprotegida e não fez o teste é sorointerrogativa. Eu vivo com HIV desde 1994 e me lembro bem de ter ouvido o “profissional de saúde” que me deu o resultado, ter dito que eu teria seis meses de vida. Deus sabe como me senti. Tomei AZT numa dose de seis comprimidos a cada 4 horas e tinha de ter o sono interrompido para tomar esta coisa e vomitava muito por conta dele. Ai decidi que se era para morrer, que eu morresse sem vomitar e parei de tomar o AZT. Como não vivi uma vida normal, não tinha amigos verdadeiros e acabei indo morar numa casa de apoio. Lá, onde eu era só un dado estatístico, eu não tinha permissão para procurar emprego e, por um tempo, para não enlouquecer, servi como voluntário no CRTA quando ele ainda era na Rua Antônio Carlos. Ali, tive o privilégio e a honra de servir muitas pessoas e fiz alguns amigos. Infelizmente, por isso, carreguei muitos deles até o túmulo e, a cada pá de terra que caia, eu me perguntava quando seria a minha vez, numa bárbara e funesta expectativa. Os seis meses se passaram e eu, como esta visto, não morri. Ai comecei a lutar de verdade pela vida e, em 1996, surgiu o coquetel. Como naquela época pouco se sabia sobre tudo isso, eu tive de entrar com a medicação que, anos mais tarde, eu soube não ter indicação clínica para usá-los. Vivi um bom tempo sem precisar dos antirretrovirais. Mas tudo isso não foi um caminho suave. Tive duas embolias pulmonares, deixei de contar as pneumonias quando cheguei à oitava; tive um enfarto, duas meningites, tornei-me obeso mórbido, chegando aos espantosos, monstruosos e inacreditáveis 147 Kg. Por isso eu passei, três anos atras, uma cirurgia bariátrica e, desde então, eliminei cinquenta e sete quilos. Hoje, peso 89,5Kg. Mantenho este site há catorze anos e, de maneira diversa a de outras pessoas, eu nunca tive apoio financeiro ou logístico de ninguém ou de qualquer “mega-editora”, com exceção de um período de dois anos, nos quais eu fui membro da Ashoka Empreendedores Sociais. ashoka Mas o meu tempo lá acabou e se tem uma coisa que eu não espero, é receber ajuda de quem quer que seja, reconhecendo, todavia, que isso pode se relativamente possível e, se acontecer, terá sido mais um dos grandiosos milagres que Deus, que tem operado uma miríade deles (os milagres) comigo. Eu faço planos para vier até os noventa anos e quero que isso se dê ao lado da minha esposa, que eu amo com todas as fibras e células do meu corpo, com todo o meu entendimento e todo o meu coração. cidex Além disso, vivo, como já disse. mais dos milagres que Deus faz, do que dos resultados concretos de meus planos infalíveis para ganhar dinheiro; eu já tentei ganhar a vida hospedando sites, o que é uma briga de cachorro grande; depois, fazendo sites; contudo, as pessoas querem muito um site mas, infelizmente, elas querem sites por R$ 300,00 e eu prefiro a morte a trabalhar de graça para qualquer muquirana que tem “um sobrinho que faz até por menos”, mandei muita gente ao Diabo por conta disso e, hoje, tenho um pequeno e relativamente promissor de negócio de venda de equipamentos e peças para computadores no Mercado Livre, que você pode ver aqui, neste link . Para ser completamente honesto, não sei como pude manter soropositivo.org, às vezes pagando US$ 500,00 por mês num servidor dedicado, pois foram inúmeras as vezes em que fui convidado a retirar meu site da hospedagem compartilhada, pois meu site consumia muitos recursos; de um mês para cá eu reduzi as despesas para US$ 99,00 por ano; seria isso ou o site sairia do ar. De fato ele consumia; hoje, depois de uma média de visitaçã que girava em torno de 100.000 visitantes únicos; hoje, por conta de alguns atos de censura prévia de um determinado site de buscas, tenho uma média de 1.200 por diA. Este site está traduzido para 58 idiomas em esquema de tradução automática, pela gtranslate.net, que me cobra quinze euros mensais pelo serviço, que eu pago, pois, com isso, eu consigo ajudar mais gente. Neste mesmo âmbito cheguei a pagar por publicidade no Facebook para obter um número maior de pessoas, sempre com a mesma finalidade. Hoje, não posso fazer isso mais. Contudo, a página, que você pode encontrar aqui (este link abre em outra aba de seu navegador, tem um pouco mais de 1.200 inscritos e há uma média de cinco novas adesões por dia. o que me alegra imensamente. Fica entre eu e Deus (uma antiga namorada me corrigia e dizia que a forma correta seria “entre eu e Deus”; coo não consigo dirimir a dúvida, deixo pela forma que eu sinto, e posso estar equivocado, pensando que seja lá como for, Deus não se importaria, posto que Ele tem mais apego à ação do que à forma. Não importa. Até um ano atrás eu seria considerado pelos padrões elitistas desta sociedade ridícula (especialmente esta aqui de São Paulo) como um “semi-analfabeto”; tudo começou a mudar quando eu passei num processo seletivo para trabalhar na Dell e não tinha, porque saí de casa aos doze anos, no afã de escapar às pancadas distribuídas, a torto e a direito, sobre mim, por meu pai, o certificado do segundo grau; perdi a vaga, chorei, senti-me punido por algo que nem sabia o que era, pensei em falsificar um comprovante, ms minha esposa me disse que isso seria fraude e, felizmente, eu já não morava na rua e nem estava, como não estou mesmo, passando fome; contudo, resolvi me qualificar. tudo isso foi na ocasião em que Francisco, o papa, foi consagrado Bispo de Roma. Apesar de ter minhas reservas com a Igreja católica (eu vivi dentro de uma casa de apoia da Igreja e sei o que vi…) e qualquer outra, gosto da postura dele, que descontenta muita gene no “clero” do Vaticano (talvez seja por isso que eu gosto dele). Matriculei-me no ENCCEJA e no ENEM. Não estudei uma só linha e passei nos dois. A redação do Encceja levou uma nota de 710 de 1000 possíveis e a do Enem chegou a 890 de 1000 possíveis. Nos dois casos fui o primeiro a sair da escola. No caso do ENEM saí em pouco mais de três horas e meia. Aí me classifiquei e me matriculei na UNIFESP, no campus de Guarulhos para fazer letras/francês (isso porque sou auto-didata em inglês e nem penso em fazer isso que outras pessoas têm coragem de chamar de “cursinho de Inglês”. Infelizmente no primeiro ano do curso sofri um acidente com uma cadeira comprada na Tok Stok, cujo técnico confirmou que a cadeira veio “montada ao contrário” e, atualmente, estou preparando a papelada para eles me indenizarem. Tive de trancar a matricula na UNIFESP e a Tok Stok, num dia que pedi um carro para ir à faculdade, disse que não haveria adiantamentos (eu estava coma mão imobilizada, com pinos saindo dela e eles me recusaram isso; cavaram, assim, o esboço da própria sepultura). Eles ainda não sabem, mas se condenaram ao Inferno de Dante, porque eu o criarei para eles com requintes que nem Lúcifer usaria… Não é bem uma vingança. Digamos que, para eles, eu sou a Nêmesis. É só uma questão de justiça, afinal, ter de reconstruir o carpo e ouvir um médico respeitável me dizendo que minha mão não será, nunca mais, a mesma, é “soda”. Sou casado, e feliz, com uma mulher que Deus por em meu caminho pelo via mais improvável, provando a máxima que, para Deus, nada é impossível Sou o que sou. E, infelizmente (será?) isso incomoda muita gente e há, aqui e ali e alhures também, muita gente que me detesta e se incomoda comigo… Quer saber? Fodam-se eles todos. De preferência, com limalha de ferro!

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Fatos sobre a AIDS

Estatísticas do blog

  • 350,470 Visitas desde 01/01/2014, quando migrei para o WordPress

Destaques 2015

Saúde Mental

Gente que Faz

HIV, o Básico

AIDS e Envelhecimento

Antirretrovirais

Comunidade

2° TRimestre de 2015

  • Casal gay na cama, conversando. Uma cena bonita de se ver
  • Casal sorodiscordante no parque
  • DNA with capsule
  • Neurons and man natural background
  • start
  • gender in cubes
  • casal-de-idosos
  • Prescription drugs with US dollar to indicate medicine is very expensive
  • Circuncisao
  • fumar
  • Fiabetes, obesoddes e HIV
  • transgender-word
  • Cuba
  • monte Kilimanjaro
  • anel-vaginal
  • Пандемия (pandemic). Желтая оградительная лента
  • infecção primária por HIV
  • Representação gráfica da molécula-abridora - meramente ilustrativa
  • Pillen und Tabletten aus Medizin-Glas
  • Esperança
  • 3d render of Human kidney with medicines
  • Drag queen covering her mouth
  • Şeker
  • Trocando em mi'
udos está escrito que açúcar é igual à morte. E eu ouso concordar. Mas não pelo uso e, sim, pelo abuso. Neste ano de 2015 estou para completar 3 anos que fiz uma gastroplastia e minha vida pós cirurgia é muito melhor que a anterior. Se é verdade o que o Paulo Zulu disse, uma ou dua décaas atrás, que eu sou o que eu como, decididamente eu não sou açúcar. raramente como pão e, se como, é integral. Adoço meu café com mascavo, que tem um gosto muito mais interessante que o do açúcar refinado. A endocrinologista que me Tratou,a Dra. Verônica Jordão foiu taxativa comigo, conversou mais de uma hora comigo quando da segunda consulta, pois ali ela tinha os exames na mão e traçou todo um plano de aliementação onde, pela minha condição de pessoa com gastroplastia, eu devo privilegiar as proteinas em detrimento de qq coisa e, depois comer saladas e, finalmente,se sobrar espaço, carboidratos. Ela foi tão covincente que, mesmo depois da cirurgiã me dizer, quando eu estacionei em 107 Kg, que eu não baixaria mais o peso, eu ainda desci aos 91Kg! Escolha o que você vai comer e, por favor, ensine seu filho(a) a se alimetar, pois o que tnho visto em supermercados é estarrecedor. Eu acho que muita gente come frango sem nunca ter visto um vivo e, convenhamos...
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • A camisinha estourou? vc tem 72 horas para começao o pep. Corra. Isso é uma emergência médica
  • love
  • coracao-slide
  • Uma alimentação saudável nao necessita ser composta de slmão todos os dias. É bom sim, e eu adoro, comer um pedaço d salmão de vem em quando. Mas você pode alimentar-se com frutas, cereais, troocar o açucar refinado ou o adoçante por mascavo, que é muito mais saudável e saboroso. Eu cheguei a pesar 149Km e fui forçado, para não morrer, a fazer uma gastroplastia. MAs muita gente faz a gastroplastia e volta a engordar. quando eu chgeuei aos 107 Kg, no processo de emagrecimento, a cirurgiã decretou: Menos que isso você não vai pesar. procurei uma endocrinologista, a Dra. Ver6onica e ela traçou um plano para mim e eu baixei o peso a 91Kg, pesados hoje. No fim do artigo eu vou postar uma foto minha de como eu fui, e de como eu sou. Mudei meus habitos alimentares e sou outra pessoa!
  • Group of medical doctors over blue hospital background. Health care
  • Terapia antirretroviral e hormônios
  • Blumen Landschaft Natur
  • uma-delas-tem-aids-e-dai
  • coracao-3-d
  • Tentam criminalizar as pessoas soropositivas por uma situação em que a responsabilidade (de manter uma relação sexual segura) é de ambas as partes! Por que será?...
  • A vida é cheia de escolhas
  • Amando-se nas nuvens
  • Vi uma pessoa, o Waldir, falecer de TB. Mas não era tuberculose pulmonar e, sim, tuberculose miliar que, segundo o médico me explicou, é a tuberculose espalhada por todo o corpo. Eu, que durante um tempo, por razões que não cabe mencionar aqui, tive um peso retirado de meus ombros, afinal, sem ter';a sido a vontade de Deus que o levou e, na verdade, teria sido um grande egoismo meu ter-lhe pedido que ficasse, ainda que mais uma semana ...
  • Resposta Imune ou resposta humoral e imunoterapia contra o HIV
  • mulher-com-idade-avancada-e-portadora-de-sindromes-geriatricas-relativas-aa-infeccao-por-hiv

Primeiro Trimestre de 2015

  • 3D rendered illustration of HIV Cell Model
  • heps
  • Feed Your Immune System
  • earth
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Blood-red clouds and sunset. Abstract composition
  • Terapia antirretroviral e hormônios
  • A vida é cheia de escolhas
  • Corretor hospitalar. Assepsia completa

Galeria de Imagens

Numa boa… Sua vida vale mais que uma transa. Use camisinha!

Busca

Nossa Comunidade no Facebook

Há Vida Depois do HIV

Destaques

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 7.166 outros seguidores

Tradução automatizada na Nuvem

Este site é Traduzido para 58 Idiomas pela GTRANSLATE. Assim, mais de 150 países podem ler o conteúdo deste site em seus respectivos idiomas. Clique no link adiante e conheça o trabalho desta empresa Gtranslate! Your Site Around the World Visite o site deles e veja quantas vantages ele pode trazer para seu site

FATOS SOBRE A AIDS

Estatísticas do blog

  • 350,470 Visitas desde 1° de Jan de 2014 - Aqu no Wordpress

Crianças e AIDS

Doenças Infecciosas

Antirretrovirais

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.166 outros seguidores